Resident Evil 4 Remake passa por “reboot criativo”, segundo VGC

Resident Evil 4

Uma notícia da VideoGames Chronicle (VGC) afirmou que o desenvolvimento do tão aguardado remake do clássico de Nintendo GameCube, Resident Evil 4 Remake, sofreu grandes mudanças de direção por conflitos criativos entre a Capcom e a M-Two (Resident Evil 3 Remake).

O Remake de Resident Evil 4 estava supostamente em produção desde 2018 pela M-Two, que foi fundada por alguns dos antigos funcionários da PlatinumGames (Bayonetta, Metal Gear Rising).

Porém, várias fontes da VGC indicaram que a participação do estúdio seria significativamente reduzida seguida das fortes críticas ao RE3R e suas diversas mudanças de estrutura, quando comparado ao Resident Evil 3 de PS1.

Com isso, a M-Two teria decidido fazer um jogo “muito mais fiel” ao Resident Evil 4 original, na tentativa de agradar os fãs da velha guarda.

A Capcom supostamente não se satisfez com a decisão, e decidiu colocar a Capcom Games Development Division 1 (Divisão 1 de Desenvolvimento de Jogos) para encabeçar um reboot parcial do jogo, agora mirando na nova data de 2023.

O jogo já teria uma data vazada em um ataque hacker à Capcom, onde a data “quarto trimestre de 2022” foi citada. Você pode conferir mais sobre isso aqui.

A divisão foi responsável por jogos das sagas Resident Evil, Devil May Cry e Dead Rising (dentre outras), e é mais focada nas audiências americanas e européias. Eles são liderados por Jun Takeuchi, diretor de produção de Resident Evil 5 e que já trabalhou em RE e RE2 (PS1) no passado, dentre outros jogos.

Ainda segundo a VGC, mudanças drásticas como essa são comuns na Capcom e também ocorreram em Resident Evil 2 e 3 (os de PlayStation 1) durante seu desenvolvimento.

Por fim, vale destacar que Resident Evil 4, que praticamente inventou o estilo de jogo de tiro com câmera acima do ombro (over-the-shoulder), é considerado no Metacritic como o melhor jogo já produzido pela Capcom, com média 96 nas plataformas GameCube e PlayStation 2.

Segundo o portal de finanças da Capcom, Resident Evil 4 já vendeu cerca de 10.4 milhões de cópias para várias plataformas ao longo dos anos.

Capcom já deu dicas do Remake

Alguns dos mais atentos já notaram que Resident Evil 3 Remake e Resident Evil Village possuem elementos bem reconhecíveis ao tão famigerado jogo de Leon Scott Kennedy.

Dentre esses, temos inimigos em RE3R que possuem “pragas com tentáculos” (assim como Las Plagas), além do óbvio inventário de maleta e do mercador de REVIII, dois elementos populares que são frequentemente relacionados à imagem de Resident Evil 4.

+Leia Também: Resident Evil Village libera data de lançamento e detalhes da gameplay

E aí, o que você achou da mudança de direção? Conta para a gente na nossa página do Facebook, Twitter e Instagram.

Total
4
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
Total
4
Share