Um novo estudo revela que a matéria escura pode não existir

A teoria prevalecente entre os cientistas é que cerca de três quartos de todas as coisas no universo são feitas de “matéria escura”, uma substância misteriosa que interage com a matéria visível por meio da gravidade.

Apesar de sua onipresença, os cientistas ainda não encontraram evidências diretas de sua existência.

De acordo com um novo estudo feito por uma equipe internacional de cientistas, no entanto, essa busca poderia ser em vão, relata a NBC News. 

Em vez disso, eles argumentam que nosso limitado conhecimento científico da gravidade pode ser incapaz de explicar o estranho comportamento gravitacional das galáxias. Em outras palavras, não é a matéria escura causando o comportamento – nós simplesmente não entendemos completamente as leis naturais que regem a matéria.

Em seu estudo recente, a equipe argumenta que uma ideia estabelecida pela primeira vez no início dos anos 1980, chamada de teoria da dinâmica newtoniana modificada (MOND), poderia explicar a existência de comportamento gravitacional estranho de estrelas que os cientistas convencionalmente explicaram com matéria escura.

Em suma, a teoria substitui a dinâmica newtoniana e a relatividade geral postulada por Albert Einstein, e argumenta que a força gravitacional experimentada por uma estrela deve ser calculada de maneiras totalmente diferentes.

“O que realmente estamos dizendo é que há absolutamente evidências de uma discrepância”, disse a coautora Stacy McGaugh, chefe do departamento de astronomia da Case Western Reserve University em Cleveland. “O que você vê não é o que você obtém, se tudo o que você conhece é Newton e Einstein.”

Uma série de teorias foram apresentadas tentando explicar o que poderia ser a matéria escura, de buracos negros primordiais a partículas massivas de fraca interação conhecidas como WIMPS.

McGaugh argumenta que a teoria MOND tem sido capaz de prever uma série de observações astronômicas desde que foi criada na década de 80.

“MOND é a única teoria que teve sucesso dessa forma”, disse McGaugh à NBC. “É a única teoria que rotineiramente teve todas as previsões se tornando realidade.”

Será então que os cientistas estavam tão enganados assim? O que você acha? Conta para nós na nossa página do Facebook, Twitter ou Instagram.

Fonte: Futurism

Total
1
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
Total
1
Share