Vacina da Pfizer supera a vacina chinesa em efetividade

A vacina contra o COVID-19 desenvolvida pela Pfizer mostra efetividade em 90% e enquanto isso a chinesa Coronavac não tem dados.
Vacina da Pfizer contra o coronavírus

A vacina contra o COVID-19 desenvolvida pela farmacêutica americana, Pfizer, em parceria com a BioNTech mostrou efetividade em 90% dos participantes na Fase 3 de testes clínicos. Enquanto isso a vacina chinesa Coronavac ainda não apresentou dados de eficácia.

A Pfizer anunciou nesta segunda-feira (09) os dados de eficácia da vacina que foram analisados por um comitê externo e refletem apenas os resultados iniciais.

Contudo, essa é a primeira vez que fabricantes de medicamentos apresentam dados bem-sucedidos de um ensaio clínico em grande escala de uma vacina contra o coronavírus.

Corrida das vacinas

Além dessa vacina da Pfizer, mais outra 10 estão na Fase 3 de testes, incluindo a Coronavac que está sendo feita pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã de São Paulo e já está sendo comprada pelo estado.

Porém a Coronavac ainda não apresentou resultados de eficácia, pois para isso é necessário que pelo menos 61 das pessoas testadas se contaminem com o COVID-19, e isso ainda não ocorreu. Já a vacina da Pfizer já teve 94 pessoas testando positivo para o vírus.

“Logo teremos a abertura dos resultados e aí sim poderemos comprovar o quanto é uma vacina eficaz, o quanto ela é capaz de proteger as pessoas que a tomaram do próprio Covid-19” disse o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn em entrevista coletiva no Instituto Butantan.

Outros dados como o de 98% de indução de resposta imunológica foram divulgados sobre a vacina chinesa, porém como explica o presidente do Butantan, Dimas Covas, essa não é a mesma coisa que a eficácia.

“O dado de eficácia depende da incidência da infecção na população de pessoas no estudo. Neste momento temos mais de 10 mil pessoas em acompanhamento e estamos aguardando que entre essas pessoas apareçam, no mínimo, neste momento, 61 casos de Covid, que podem acontecer naqueles que tomaram a vacina ou naqueles que receberam o placebo, É exatamente essa comparação que permite definir a eficácia.”

diz Covas na coletiva.

Porém esse dado de eficácia é necessário para aprovação da vacina na ANVISA e aparentemente não há data para que eles estejam prontos. Mas segundo Dimas Covas isso pode acontecer “a qualquer momento”. 

Enquanto esperamos esse momento, a vacina da Pfizer já deslancha na frente e tudo indica que até o fim do ano ela esteja disponível.

Saiba mais sobre a vacina da Pfizer

A responsável por esse resultado positivo é uma vacina baseada em mRNA, que é uma nova tecnologia que muitas companhias procuraram contra o COVID-19, contudo por conta das vantagens em relação a rapidez de desenvolvimento e eficácia.

A Fase 3 conduzida pelas companhias incluiu 43.358 participantes, distribuídos entre 6 países incluindo o Brasil, e a Pfizer reportou que “ nenhum problema sério de segurança foi observado” até agora além da taxa positiva. 

Sendo assim as pessoas que receberam a vacina ficaram protegidos por 28 dias após a primeira dose, sendo que a vacina tem um processo de duas doses. 

Mas ainda há testes de segurança e estudos para serem feitos que ficaram prontos na terceira semana deste mês, quando completam os dois meses de segurança recomendados pela FDA, que é agência de saúde dos EUA.

Além disso os participantes também serão monitorados por dois anos depois de receber a segunda e final dose da vacina, para controle de efeitos de longo prazo. 

Com a vacina sendo liberada, a Pfizer diz que pode produzir aproximadamente 50 milhões de doses até o fim do ano, e 1.3 bilhões para 2021.

Porém, todos esses dados ainda precisam ser revisados por mais pesquisadores e publicações científicas.

Mesmo assim esta é definitivamente a notícia mais promissora e claramente positiva do desenvolvimento de vacinas e pode significar que a distribuição em grande escala de uma vacina começa mesmo antes do final de 2020 se tudo correr bem.

Total
1
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
Total
1
Share